O Taguá MAPI é um espaço de debate para promover o mercado audiovisual por meio de vozes e experiências fundamentais. Os participantes do Taguá MAPI são gestores, programadores e realizadores de diferentes matizes e tendências do cinema, internet e televisão. É urgente e necessária uma reflexão sobre economia, audiovisual e desenvolvimento local. Como articular políticas, formação técnica e criativa? Como internacionalizar conteúdos locais e regionais? Como impulsionar polos de desenvolvimento local que gerem emprego e renda para uma juventude sedenta por cultura? Como tirar proveito de legislações recentes de apoio ao audiovisual que apontam para a descentralização? Perguntas fundamentais para nortear três intensos dias de discussão no Festival de Taguatinga. Atividades gratuitas. Locais: Park Inn Hotel (dias 2 e 3) e Teatro da Praça (4 de novembro).

2 de novembro
9h às 12h: LabMAPI – Laboratório de desenvolvimento de projetos, com Alice Lanari (cineasta e produtora).
Instrumentalização para a cena local: criação, desenvolvimento, produção, distribuição, difusão e comercialização. Vagas limitadas, inscrições em festivaltaguatinga.com.br

14h30: Painel 1 – Desenvolvimentos audiovisuais locais – Taguatinga: centro periférico do DF.
Exemplos de sucesso em regiões fora dos grandes eixos que encontraram soluções audiovisuais locais. Com Roberto Monzo (Barra do Piraí-RJ), Cibele Amaral (CONNE-DF), Sara Rocha (Secult-DF), Thiago Rocha (Secult-DF) e Alex Galvão (Ancine). Inscrições no local.

17h: Masterclass com André Novais
Diretor e roteirista, André Novais realizou, entre outros, o curta Quintal e o longa-metragem Ela volta na quinta. Seus filmes foram selecionados e premiados em diversos festivais nacionais e internacionais, como a Quinzena dos Realizadores em Cannes, Rotterdam, FID Marseille, Brasília e Mostra de Tiradentes. Junto com Gabriel Martins, Maurílio Martins e Thiago Macêdo Correia é sócio na produtora mineira Filmes de Plástico. Inscrições no local.

3 de novembro
9h às 12h: LabMAPI – Laboratório de desenvolvimento de projetos, com Alice Lanari (cineasta e produtora). Instrumentalização para a cena local – Criação, desenvolvimento, produção, distribuição, difusão e comercialização. Vagas limitadas, inscrições em festivaltaguatinga.com.br

14h30: Painel 2 – Da produção local para o mundo: circuitos, festivais e coproduções
Com Eduardo Raccah (consultor), Ana Beraba (Esfera Filmes) e Rafael Sampaio (BR LAB). Inscrições no local.

16h30: Painel 3 – Audiências, YouTube, novos formatos e tendências
Com Helen Ramos (Hell Mother), Krishna Mahon (Imprensa Mahon) e Alex Vidigal (UCB). Inscrições no local.

4 de novembro
9h30 às 12h
Desvendando o Pitching: a arte de apresentar seu projeto audiovisual, com Alice Lanari (cineasta e produtora) e André Leão (Secult-DF). Inscrições no local.