FESTIVAL ONLINE | Uma super vitrine para os filmes brasileiros de curta-metragem

O Festival Taguatinga de Cinema realiza, a cada edição, um festival online de curtas-metragens, disponibilizando centenas de filmes para o público cinéfilo. Através da campanha “Assista e Vote”, o FestTaguá impulsiona a audiência dos curtas e estimula o público a votar nos seus favoritos, oferecendo um espaço democrático relevante de curadoria popular, com 50 mil acessos por ano, responsável pela seleção de dois filmes para a nossa mostra competitiva.

A participação no Festival Online do FestTaguá é a garantia, para muitos filmes, de índices imbatíveis de audiência. É o caso do curta Até provar que não, do diretor baiano Lucas C. S. Portela, que em 2018 alcançou a maior visibilidade de sua carreira nos 30 dias em que permaneceu em nosso site participando da votação online. Depois de uma campanha bem sucedida de mobilização nas redes sociais, comandada pelo próprio Lucas, o curta conquistou o primeiro lugar do Festival Online, com um total de 391 votos, e foi visto no site por 1.300 pessoas. Este público representa quase a metade do número total de espectadores alcançados pelo filme até agora, tanto online quanto offline.

Curta-metragem Até provar que não, de Lucas C. S. Portela

Conquistar público e ter chegado à nossa mostra competitiva não foram os únicos ganhos obtidos pelo curta Até provar que nãoem função de sua participação em nosso Festival Online. O diretor Lucas C. S. Portela destaca outra alegria: o encontro em Taguatinga com um público ávido por manifestar pessoalmente a sua admiração pela obra. “Uma vez que o público presente à mostra competitiva já tinha visto o Até provar que não no Festival Online, produziram-se ali diálogos muito produtivos”, diz Lucas.

Em 2017, a produção universitária Dois perdidos numa caixa de papelão, do diretor carioca Armando Lima, foi a campeã da votação online, depois de uma campanha exitosa realizada nas redes sociais e, presencialmente, em eventos da Universidade Estácio de Sá. Armando conta que a participação do filme no Festival Online e, posteriormente, na mostra competitiva do FestTaguá, rendeu bons frutos, garantindo a Dois perdidos outros espaços de exibição. “Por causa da visibilidade que alcançamos na plataforma online do festival, o filme acabou sendo convidado para ser exibido em vários cineclubes do Rio de Janeiro e em eventos promovidos nas favelas cariocas por ONGs culturais , obtendo assim um aumento expressivo do seu público

Curta-metragem Dois perdidos numa caixa de papelão, de Armando Lima

Dos 668 filmes inscritos na mostra competitiva do Festival Taguatinga de Cinema deste ano, 483 curtas participam do Festival Online por livre escolha de seus realizadores. Os dois filmes mais votados pela curadoria popular estarão em Taguatinga de 7 a 10 de agosto participando da nossa mostra competitiva.